INÍCIO SOBRE PARCEIROS RESENHAS ENTREVISTAS CONTATO

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Um estranho no espelho



 O livro é narrado em terceira pessoa e conta simultaneamente a história de vida dos dois personagens principais: Toby Temple e Jill Castle. Depois de se decepcionar com a fraqueza do marido, a mãe de Toby assumiu os negócios da família e tornou-se uma mulher muito importante. Quando ela teve o filho, acreditava que ele ia ser muito famoso, e durante a criação de Toby, ela passou essa certeza para ele: não importa o que aconteça, ele ia ser um comediante muito conhecido. Já a família de Jill não tinha influência nenhuma, seu pai morreu no dia de seu nascimento e a mãe tornou-se uma fanática religiosa. Jill vivia entre dois mundos, sua mãe era costureira das pessoas ricas e com isso, a garota tornou-se amiga das crianças ricas, que tinham casas e brinquedos maravilhosos. Já na sua casa, Jill presenciava a crença da mãe de que tudo era pecado, e que ela ia ser punida por Deus. 

 Toby vai a Hollywood cheio de sonhos e crenças, mas percebe que o mundo não gira em torno dele. Ele passa por uma série de trabalhos humilhantes até conseguir chamar a atenção do empresário Clifton Lawrence. É ai que a subida para o topo começa.  Porém, mesmo rodeado de pessoas, Temple se sente solitário. Não importa quantas mulheres ele leve para a cama, sempre está carente. Ele se torna uma pessoa possessiva e de personalidade instável.

“_ Você se lembra do filme em que Charles Chaplin encontra o milionário? Quando o milionário fica bêbado, é amigão de Chaplin; quando está sóbrio, joga-o na rua. Assim é Toby Tample, só que sem a bebida.” Página 208.

 Depois de uma desilusão amorosa com um dos garotos ricos, Jill vai a Hollywood com o sonho de se tornar atriz. Depois de não coseguir nenhum emprego como atriz, ela fez vários “bicos”. Quando já fazia algum tempo que estava em Hollywood, Jill conhece um homem que parece estar na mesma situação que ela. Eles começam a namorar e ela é enganada e drogada para fazer um filme vergonhoso. Alguns anos depois, Jill percebe que o tempo está mudando sua fisionomia e que ela precisa arrumar um papel antes que sua beleza acabe. Ela vê no seu corpo a única saída para conseguir ajuda dos produtores e dos diretores. 

"Eles haviam mentido. O tempo não era um amigo que curava todas as feridas, era o inimigo que devastava e mutilava a juventude." Página 220

 Quando o caminho dos dois se cruza, Jill não acredita que Toby possa ajudar em sua carreira. Ao perceber que ele tem como proporcionar poder, ela muda e começa um jogo com ele, que está perdidamente apaixonado. Ela acaba cedendo e eles se casam.É ai que começa a vingança de Jill Temple contra os poderosos de Hollywood.

 Eu esperava mais do livro. Eu gosto muito das obras do Sidney Sheldon, mas não achei essa tão impressionante como as pessoas falam. Algumas partes são inesperadas, e acontecem várias reviravoltas, mas achei grande parte do livro previsível. A leitura é interessante, porém acredito que comecei a ler esperando muito do livro. 

5 comentários:

  1. Geralmente, qd esperamos mt de um livro a gente sempre se frusta, ne?
    Gosto do Sheldon, mas em doses homeopáticas. Não digo amém pra todos os livros dele não...rs

    Beijooooooos

    Gleice
    @MPessoais
    www.murmuriospessoais.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, foi bem isso que aconteceu comigo..
      Esse foi o primeiro que eu fiquei decepcionada, vamos ver os que outros hahah

      Beijos

      Excluir
  2. Oii Gaby
    Obrigadaa!!
    Então né, o livro me deixou assustada e apreensiva, mas o final, realmente, achei que poderia ter sido diferente =/
    E obrigada

    Bjs!

    toda-leitura.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro tem seus pontos fortes, mas no geral não gostei ;/
      Beijos
      :]

      Excluir
  3. Nossa...tem um tempo que não leio nenhuma obra do Sidney Sheldon. Confesso que já gostei mais, hoje não sei se teria espaço para ele na minha estante.

    ResponderExcluir