INÍCIO SOBRE PARCEIROS RESENHAS ENTREVISTAS CONTATO

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Nove Dragões


A nova aventura do personagem mais famoso de Michael Conelly, o detetive Harry Bosch, se passa agora em Kowloon, que significa Nove Dragões, região mais populosa de Hong Kong e título do romance policial do escritor norte-americano. O livro é a primeira aventura do personagem mais famoso de Michael Conelly desde O Mirante, de 2008. Acompanhado de seu parceiro Ignacio Ferras, Bosch está a cargo de uma investigação que parece rotineira, seguindo a pista do assassino do senhor Li, dono de uma loja de bebidas num gueto de Los Angeles. David Chu, policial de origem chinesa com experiência junto às gangues de imigrantes asiáticos da cidade, é chamado a colaborar - e, de fato, uma quadrilha com ramificações do outro lado do oceano parece estar envolvida no crime. No meio da investigação, um telefonema ameaçador e uma mensagem em vídeo fazem com que o caso se torne pessoal para o detetive: as imagens foram registradas em Hong Kong e quem aparece nelas é Maddie, a filha dele que mora lá com a mãe, sua ex-mulher Eleanor. A relação de Bosch e Eleanor é estremecida e ele só vê a filha duas vezes por ano. Agora, ela foi sequestrada, a polícia local não deu muita importância e o pai não tem escolha senão pegar o primeiro avião e se aventurar pelo território chinês. Forçado a agir fora do ambiente que conhece para salvar a filha, Bosch protagoniza uma trama com elementos trágicos e reviravoltas surpreendentes.
Ganhei esse livro em um sorteio e comecei a ler sem saber o que esperar. Confesso que gostei bastante da escrita do autor, e que fiquei curiosa para ler outras histórias com o detetive Bosch.

Harry Bosch é um respeitado detetive de Los Angeles, apaixonado por seu trabalho. Sua única família é sua filha Maddie, que mora em Hong Kong e passa pouco mais do que 3 semanas por ano com ele. Sem ter ninguém com quem se preocupar em tempo integral, Bosch se dedica ao máximo em todos os casos, tornando-se um dos melhores no que faz.

Ao ser designado para a investigação de um caso aparentemente concluído, Bosch percebe que o assassinato envolve mais do que apenas um furto. Determinado a descobrir a real causa do crime, o detetive se envolve com o que parece ser uma perigosa tríade asiática e vê sua vida desmoronar quando sua filha é sequestrada. Que consequências os atos de Bosch irão provocar?
“- Você acha que ele escondeu alguma coisa da gente?
-É o que pretendo descobrir.” Página 40

O começo do livro me lembrou bastante esses filmes policiais que eu adoro. O caso que parecia não ter importância, o detetive solitário, a descoberta de um crime da máfia, um sequestro. A partir daí, Conelly fugiu da mesmice, e trouxe o inesperado para a história. Primeiro, ele leva o protagonista para Hong Kong, sem que esse conhecesse praticamente nada da cidade. Depois, surpreende o leitor a cada novo capítulo, instigando sua curiosidade. 

Eu nunca tinha lido nenhum livro que abordasse a cultura asiática. Gostei bastante de ir conhecendo os costumes junto com o personagem. Como eu disse, o autor causou uma ótima primeira impressão. Recomendo o livro para quem gosta de uma leitura cheia de ação e suspense.

“O que deixou Bosch mais perturbado foram as caixas de cereal. Eram todas da mesma marca, e na frente da caixa havia o desenho de um panda sorridente diante de uma tigela cheia de flocos de arroz cintilando com açúcar, como um tesouro. Era cereal para crianças.” Página 280 
Hey queridos, como vocês estão?
Quem curte o blog lá no face (curte aí!) sabe que eu estou um pouco sumida devido aos váarios trabalhos da faculdade. Prometo que logo eu volto a postar com mais frequência, tá? Fiquem de olho, pois em breve teremos novidades! 

6 comentários:

  1. Olá ^^

    Parabéns pela resenha, está de um modo fácil para compreender.

    Estou seguindo =)
    Aguardo sua visitinha. Beijos

    http://www.girlsupimpa.com/

    ResponderExcluir
  2. A resenha esta muito bem feita
    Mas não me interesso por este tipo de livro

    Beijos
    @pocketlibro
    http://www.pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    Vi o link do seu blog em outro blog e resolvi visitá-lo! E simplesmente adorei!

    Parabéns, suas postagens são muito bem escritas e tudo bem organizadinho por aqui!
    Interessantíssimo o livro!
    Já estou te seguindo, pode me seguir de volta? Estou te esperando lá no meu blog:

    http://raiseyourheadandread.blogspot.com/

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Camila,
      Bem vinda!!

      Fico feliz que você gostou do blog :)

      Beijos!

      Excluir
  4. Nunca li suspense, mas tenho muita muita vontade de ler, esse livro parece ser bom e fiquei curiosa sobre a cultura asiática.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Acabei de ler e tive a mesma sensação, um caso que parecia bobo, e que não consegui parar de ler enquanto não terminei o livro.
    Também tenho um blog, se puder dar uma passada e comentar. bjs.
    http://monicalendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir