INÍCIO SOBRE PARCEIROS RESENHAS ENTREVISTAS CONTATO

terça-feira, 29 de abril de 2014

O Livro de Almas - Os dois Herdeiros


Por quase toda a sua vida, Jox viveu em um hospital psiquiátrico, com problemas que ninguém nunca conseguiu diagnosticar com clareza. Tudo muda quando ele retorna para a casa dos seus pais e tenta se readaptar ao mundo. No entanto, o que ele achava ser a chave para a compreensão de seu passado parece ser o princípio de um abismo ainda mais profundo. Enquanto isso, três pessoas com dons paranormais são obrigadas a enfrentar os seus maiores medos, voltando à realidade que sempre tentaram esconder: o juramento de uma antiga aliança, que os poderia levar à morte. Por trás da vida de todas essas pessoas existe uma conexão, um enigma que os une pela amizade e pelo terror.

Quando o autor entrou em contato comigo, fiquei com receio de o livro conter uma história de terror paranormal. Como eu morro de medo, fujo desse tipo de tema. Enfim, após confidenciar esse meu temor ao autor, ele esclareceu que o livro tinha um pouquinho do gênero, mas tendia mais para fantasia, com pitadas de comédia. Sendo assim, comecei a leitura, curiosa para descobrir o mistério de Jox.

Jox tem 17 anos e passou a maior parte de sua vida em um hospital psiquiátrico. Quando menos esperava, ele recebeu alta e pode finalmente ir morar com seus pais. Pronto para um recomeço, Jox passa a trabalhar em uma lanchonete, enquanto o novo ano letivo não começa. 

O que Jox nem imaginava é que seu recomeço seria atrapalhado por Bronos. Famoso por seu talento como lutador, Bronos é um valentão. Quando percebe que Jox está se esforçando para se adequar ao trabalho, ele se sente desafiado e o escolhe como sua próxima vítima. Sabendo que Jox está marcado para apanhar, Bolonio, Greger e Juliana (que já foram vítimas da ira de Bronos) o convencem a entrar para a batalha das cidades e enfrentar Bronos em um campo neutro. 

Sem saber da importância dessa competição para sua cidade e sem saber que Bronos foi campeão várias vezes na categoria de artes marciais, Jox se inscreve, convencido de que essa é a melhor opção. E é pouco antes da batalha começar, quando ele está correndo perigo, que a voz aparece novamente. Porém, diferente das outras vezes, ela parece estar disposta a fornecer respostas. Mas antes, foco! É hora de encarar o Bronos. 

Terminada a batalha das cidades, Jox é forçado a encarar uma jornada perigosa e inesperada. Ele descobre os mistérios de seu passado, enfrenta anjos, cermos e criaturas malignas e ainda descobre que nem tudo é o que parece ser. 
“Esse foi um ponto diferenciado na sua vida. Nunca havia sido importante para nada e, de repente, tornava-se valioso para os planos – sejam lá quais fossem – daqueles seres que pareciam deuses do planeta.” Página 188
Intercalados com os capítulos que mostram os acontecimentos na vida de Jox, estão capítulos que contam a história de pessoas até então desconhecidas e que aparentemente não tem ligação nenhuma com a história principal. Porém, nos capítulos finais do livro, tudo ~ se encaixa ~ e podemos perceber a clara relação dos acontecimentos. Confesso que no começo fiquei um pouquinho perdida nesses capítulos, mas ao terminar de ler, tive a sensação que o autor quis passar a ideia de flashes, tal como vemos no cinema. Achei que essa estratégia foi muito bacana para não deixar a história pesada, como ficaria caso essas informações fossem apresentadas todas de uma vez.

Durante a leitura, meu namorado me perguntou “e ai, como é o livro?” e eu não conseguia definir. Mesmo para escrever a resenha, achei difícil explorar a história de maneira justa, mostrando os pontos importantes sem revelar spoilers. O autor conseguiu pegar temas que já estamos cansados de ver, como anjos, demônios e sobrenatural e criar um mundo diferente, lúdico. O resultado ficou encantador, gostoso de ler. 

Para finalizar, posso dizer que O Livro de Almas me tirou um pouquinho da minha zona de conforto literária. A história é divertida e ao mesmo tempo tem um tom de suspense, que fez a leitura fluir. É uma literatura juvenil e fiquei bem curiosa para ler o próximo volume. Indico aos leitores que gostam, acima de tudo, de livros fantásticos.  
“_ Jox, não importa se você vai ganhar a batalha das cidades; não ligue se as pessoas irão falar algo sobre isso. Tente fazer o seu melhor; tentar o colocará à frente dos demais – sorriu.” Página 98
*Esse livro foi uma cortesia do autor.

17 comentários:

  1. OMG, preciso ler esse livro. *-* Amei o post.
    Beijos
    unicorn-confessions

    ResponderExcluir
  2. Bom, eu já fiquei com medo só de olhar para esta capa, hehe, daí vem você nos dizer que ele tende para o lado do humor, que curioso né, a capa não passa esta impressão.... Nunca tinha ouvido falar neste livro.

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, a capa é muito assustadora, né? haha Mas não fiquei com medo durante a leitura, juro! :)

      Excluir
  3. Oi, Gabriela.

    Gostei muito da resenha. Espero que continuemos com a parceria nas futuras publicações.

    Obrigado.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Amo sair um pouco da minha zona de conforto literário. Também não costumo ler suspense ou mesmo terror, mas esse livro me pareceu leve em relação à esses gêneros, mas contendo suspense, então acho que seria uma boa leitura. Fica a dica ><

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem isso Jeniffer. O livro é leve, mas tem um pouquinho de suspense para deixar a história ainda mais interessante. (:

      Excluir
  5. Nunca tinha ouvido falar desse livro. E pela capa ele não parece ser divertido como vc mencionou. rsrs...mas estou curiosa para ler.
    Bjss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Kelly, a capa engana um pouquinho. haha Depois que você ler, me conta o que achou!

      Beijo!

      Excluir
  6. Oi Gabriela!

    Eu gostei muito do livro porque amo livros desse gênero! Amo terror! rsrs Sua resenha me deixou curiosa! Já até adicionei o livro no meu skoob!! rsrs

    Beijinhos
    Mirelle - meumundoemtonspasteis.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Mirelle!
      Que bom que você gostou. Depois que você ler o livro, me conta o que achou :)

      Beijos!

      Excluir
  7. Oi Gabriela,

    Nossa, me apavorei só de ler a resenha, haha. Pensa numa pessoa medrosa: eu! Já me falaram que livros dão mais medo que filmes, outros dizem que são relax. Prefiro não arriscar e continuar com meus romances água com açucar, haha.

    Beijos,
    www.segredosentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Barbara!

      Também sou super medrosa. haha Mas o livro é super tranquilo, não fiquei com medo! :)

      Excluir
  8. É sempre assim... Eu to lendo a série instrumentos mortais, e quando digo pra alguém do que a história conta eles ficam: "é de terror? ai que horror" e não tem nada a ver, por isso não devemos julgar o livro pela capa e nem pela sinopse! hahahah Beijinhos, fiquei curisa em lê-lo.
    http://girlsmachine.tk/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Lare. Sempre que julgamos um livro pela capa, podemos perder uma ótima história.

      Excluir
  9. A sua resenha valeu muito a pena para que eu não criasse todo um pré-conceito com este livro, já que a capa não faz nadinha o meu tipo!! rsrsrs ... juro que pensei que era um livro de terror, que bom que o autor te esclareceu isso tbm né ;)
    Fantasia é um dos meus gêneros favoritos, mas acredito que este não seria o momento certa para eu embarcar nesta leitura! Valeu a dica Gabi ;)

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Thais. Se você gosta de fantasia, acredito que vai curtir o livro. :)

      Beijo!

      Excluir