INÍCIO SOBRE PARCEIROS RESENHAS ENTREVISTAS CONTATO

terça-feira, 15 de julho de 2014

Boneca de Ossos


POPPY, ZACH E ALICE sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam. Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo...
 Boneca de Ossos é um livro incrível. Holly Black conta a história de três amigos (Poppy, Alice e Zach) que estão entrando na adolescência. A maior diversão deles é brincar com seus bonecos, criando histórias fantásticas, com piratas, sereias e quaisquer outras criaturas que a imaginação permitir. Nesse mundo de fantasia, quem manda é a Rainha, uma boneca de porcelana de ossos que vive presa na cristaleira da casa de Poppy. Ninguém tem permissão para mexer na boneca, então ela comanda seu reino do alto de sua prisão e os personagens saem em busca de aventura para contentá-la. 

Poppy é aquela amiga meio malvada, que tem prazer em assustar a todos com as histórias mais arrepiantes. Manipuladora e muito mandona, ela me lembrou a Alison da série Pretty Little Liars. É aquela personagem que adora fazer joguinhos com as pessoas e você nunca sabe se ela está ou não falando a verdade. Porém, eu acho que no fundo ela é só uma criança assustada e carente, negligenciada pelos pais.

Alice tem um semblante triste, mas é a mais forte dos três. Ela vive com a avó, que é superprotetora e superbrava e a deixa de castigo por meses quando não gosta de alguma atitude da neta. Mesmo sabendo de todas as dificuldades e expectativas que a aguardam quando ela chegar em casa, Alice aceita embarcar em uma última aventura com seus amigos.

Zach é um garoto bom, com um coração enorme. Apesar de obviamente estar virando um adolescente e ser bem popular na escola, Zach ama brincar. Quando ele está brincando com as meninas, criando histórias para seus personagens, ele vive tudo com intensidade, como se aquilo realmente estivesse acontecendo. A brincadeira é tão contagiante, que ele consegue captar um pouco da força e da coragem de seus bonecos.
E é justamente por o faz de conta ter se tornado grande parte da vida de Zach que seu pai decide que ele tem que parar de brincar como criança, afinal ele já tem 12 anos (!!!). Convicto, o pai toma medidas drásticas (que raiva que eu fiquei!) e acaba de uma vez com a brincadeira. Humilhado e extremamente triste, Zach não tem coragem de contar para as meninas o que aconteceu, então fala pra elas que não vai mais brincar, que não quer mais falar sobre o assunto e que eles não podem mais ser amigos.
“Ele se perguntava se crescer era descobrir que a maioria das histórias não passava de mentira.” Página 70
Mas mal deu tempo de ele curtir sua dor e pensar no que fazer da vida, quando as meninas apareceram no meio da noite na sua casa. Poppy jura foi visitada pela Rainha e que a boneca de ossos é real. Ela se chamava Eleanor e morreu ainda criança. Desesperado, seu pai a transformou em uma boneca de porcelana, usando seus próprios ossos. Eleanor pediu que Poppy a ajudasse e a enterrasse em seu túmulo, que estava vazio.  Convencida de que a menina fantasma ia lhe assombrar se não a ajudasse, Poppy quer que Zach e Alice a acompanhem nessa última aventura. 

Apesar de ser um livro juvenil, o livro consegue ser bem assustador. A autora cria todo um ambiente sombrio e joga o tempo todo com o leitor. Os personagens são bem construídos e passam por conflitos que são tão comuns nessa fase, que é impossível não sentir empatia. A leitura é rápida e flui super bem. Sem contar que a capa é liiinda. Recomendo!  

Afinal, Eleanor é mesmo real ou Poppy inventou essa história só para unir novamente seus amigos? 
“E decidiu que, mesmo que fosse idiota, ele queria ser o tipo de pessoa interessante o suficiente para um fantasma falar com ele.” Página 89
*Este livro foi uma cortesia da Editora Novo Conceito.

19 comentários:

  1. eu adoro esse tipo de livro juvenil meio de terror, mt legal a resenha, gostei de conhecer o titulo

    www.tofucolorido.blogspot.com
    insta: liviaalli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse gênero é bem bacana, né Lívia? Dá pra curtir um livro de terror sem ter que dormir com a luz acesa depois! haha

      Excluir
  2. Adorei a indicação de livro!
    Vou procurar ele para ler!

    Bjs
    www.gartoadebotas.com

    ResponderExcluir
  3. Ainda não tinha lido nenhuma resenha dele e adorei a sua! Acredito que a leitura seja bem leve e gostosa, acho que vai ser uma das minhas próximas leituras. O trabalho da editora com a capa e tudo mais ficou incrível né? Amei o blog, estou te seguindo.

    Beijoss!
    Como um Refúgio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Thyale,
      A leitura é bem gostosa sim. Espero que você goste.
      Siim, a editora fez um trabalho incrível mesmo!
      E seja bem vinda ao blog. :)

      Beijo!

      Excluir
  4. Nossa que legal essa resenha! Adorei. Fiquei morrendo de vontade de ler. :) E essa capa mais linda? Muito bacana!

    Beijão!!

    ResponderExcluir
  5. tb fiquei com muita raiva do pai de Zach nesse 'momento' >.<
    achei uma leitura adorável.
    bjs
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior é saber que existe muita gente igual ao pai dele, né Maria? :/

      Excluir
  6. Eu adoro o gênero e estou muito curiosa a respeito desse livro, com muita vontade de ler mesmo!! Adorei sua resenha com final enigmático! rsrsrs

    Beijinhos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Érica, eu também estava bem curiosa antes de ler. Vi muita coisa positiva sobre ele e olha, correspondeu minhas expectativas! :D

      Beijo!

      Excluir
  7. Olá!!! fiquei apaixonada pelo seu blog! :D já sou sua seguidora!
    É tão bom encontrar um blog sobre livros!!! acho que o mal de algumas pessoas é não terem pitada de cultura!!
    Eu estou a começar um blog sobre poesia, livros e palavras, palavras verdadeiras, adoraria ter a honra da sua visita!
    E estou aqui para o divulgar, mas só quero que siga se gostar realmente!

    beijinhos grandes diretamente de Portugal!!!

    http://vivendocomaspalavras.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Margarida!
      Que comentário querido! *-*
      Seja super bem vinda ao blog!! E claro que vou conhecer o seu cantinho.

      Beijo!

      Excluir
  8. Achei fofo apesar do tema ser bem juvenil. Fiquei curiosa para saber se a Eleanor é mesmo real. rs...

    ResponderExcluir
  9. Esse livro aí já me ganhou pela capa, adoooorei!
    Parece ser bem louco, fiquei afim de ler!
    Meninices da vida

    ResponderExcluir
  10. A capa é muito linda né? Depois dessa resenha eu to louca para ler *.*

    http://ihurricanestars.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Achei a história bem legal, até um pouco assustadora..rs

    Beijos, Jell & Marcelo
    www.urbanoeretro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É meio assustadora mesmo Jell! Tem partes que dão medinho! haha

      Excluir