INÍCIO SOBRE PARCEIROS RESENHAS ENTREVISTAS CONTATO

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Princesa Adormecida


Era uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida. Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim... 
Já estava mais do que na hora de conhecer o trabalho de Paula Pimenta, né? Fiquei encantada com a capa de Princesa Adormecida e aproveitei uma promoção para comprar. Depois de um tempo na estante, acabei devorando o livro em um dia. Que história mais gostosa de ler. Leve e romântica, mas sem cair no comum.

A nossa princesa é Anna Rosa, uma adolescente quase normal. Ela mora com seus três incríveis tios, que fazem papel de mãe, pai, amigo e tudo o que for preciso. Quando Rosa era pequena, seus tios explicavam a ausência de seus pais com uma história que mais parecia um conto de fadas. Com o tempo, ela percebeu que o intuito daquela história era confortá-la e entendeu que seus pais provavelmente haviam morrido em algum acidente de carro. Sendo assim, ela aceitou sua vida do jeito que era: com seus queridos tios superprotetores e algumas regras exageradas, mas, acima de tudo, uma vida feliz. 

Rosa estuda em um internato para garotas e seu contato com gente nova é praticamente nulo, já que os tios não deixam que ela saia sozinha. Ela tem toda liberdade dentro de casa e pode chamar suas amigas sempre que quiser, mas nada de sair sem os tios ou ir a festas. Suas amigas não entendem o porquê de tamanha proteção e, no aniversário de 16 anos de Anna, criam um plano. As garotas convencem Anna a ir ao shopping com elas, para escolher um presente. Depois, arrastam-na até uma festa, onde há show de uma DJ incrível. Mesmo contrariada, Rosa segue as amigas e, quase sem querer, dá início ao resto de sua vida.  
“_ Você vai ter que confrontá-los em algum momento, Rosa... – Ela voltou a falar quando já estávamos na rua da escola. – Se continuar aceitando essa situação, eles vão te prender até você fazer 18 anos!” Página 48
Essa é a segunda releitura que leio do clássico Bela Adormecida. Diferente de Adormecida (resenha aqui!) que segue um caminho futurístico, Princesa Adormecida acontece no presente, com condições e situações extremamente reais. Poderia acontecer com qualquer um. Gostei muito (muito mesmo) da sacada da autora de não deixar a personagem literalmente adormecida, mas ainda assim conseguir fazê-la despertar em uma situação totalmente diferente do que ela conhecia. 

Além da princesa, Paula Pimenta também trouxe a bruxa má para os dias de hoje. Ciumenta, rancorosa e desequilibrada, Marie é a bruxa da nossa história. Depois de uma desilusão amorosa, Marie pirou e resolveu usar Anna para virar a vida da família da garota de cabeça pra baixo. E, por 16 anos, ela conseguiu.

O livro é narrado em primeira pessoa e a história flui super bem. Rosa é bastante ingênua, mas não chega a ser uma personagem chata. Ela se depara com questionamentos típicos de adolescente: primeiro amor, família protetora, regras exageradas, provas de final de semestre, mensagens trocadas com um estranho. 

Vale ressaltar o incrível trabalho de diagramação da editora. O livro é cheio de detalhes e alguns capítulos contam com fragmentos de notícias de jornal e mensagens de celular, em balõezinhos, como no whatsapp. 

Por fim, a narrativa de Paula Pimenta é incrível. Cada capítulo implora para que você leia o próximo, não dá para desgrudar do livro. Tenha em mente que é uma história leve e doce e se joga na leitura. Vale a pena! 
“Pude ouvir a repórter contando a minha história como se fosse um conto de fadas. Respirei fundo, liguei o aparelho de som no volume máximo e deitei na minha cama. Nos últimos dias eu havia escutado aquela história tantas vezes que já sabia tudo de cor. E, mesmo ouvindo música e de olhos fechados, a minha mente insistia em reviver...” Página 15 

26 comentários:

  1. Oi Gabriela! Ainda não li nada da Paula Pimenta, só através de resenhas, mas sempre ouço falar bem dos livros dela. Bela Adormecida nunca foi meu clássico da Disney favorito, mas também eu não o achava ruim. E uma releitura feito por uma brasileira com certeza deve ser bem interessante de se ler.

    Autor de Mestre de Marionetes
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também nunca tinha lido nada da autora, mas gostei bastante. Acho que vale a pena conferir, se você quiser conhecer a escrita da autora :)

      Excluir
  2. Oi Gabi, tudo legal? Recentemente, tbm li Princesa Adormecida, e diferente de ti, não gostei muito não :c Achei a vilã muito sem sal heuheuhe Mas que bom que tu gostou, tua resenha foi ótima, com bastante detalhes mas nada que ficasse prolixo, gostei de verdade! Beijo,
    entreeleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Jessica!
      Sério? Realmente a vilã não é muito explorada, né? Mas mesmo assim eu adorei! haha
      Que bom que você curtiu a resenha! :)
      Beijo!!

      Excluir
  3. Tenho ouvido falar muito bem da autora mas ainda não li nada... fico sempre com a impressão de ser uma história meio infantil... não que eu veja nada errado nisso, apenas estou dando prioridade a outro tipo de leitura... Beijos Gabriela!

    http://alinenomundo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Aline!
      Acredito que os livros são mesmo voltados para um público um pouco mais jovem, mas, o conteúdo não é bobinho não, viu? Quem gosta de livros leves e românticos vai gostar da leitura.

      Beijo!

      Excluir
  4. ah, faz um tempo que to bem curiosa pra ler alguma coisa da paula pimenta XD

    www.tofucolorido.blogspot.com
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada da autora Gabriela, mas só ouço falar super bem dela. Acho que só li resenhas positivas dos livros dela e isso me deixa muito curiosa para investir na leitura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esse é um livro bacana para conhecer a escrita da autora, porque não é tão curto quanto um conto, mas também não tem continuação. A história começa e termina ali. ^^

      Excluir
  6. Já ouvi muito falar da autora , mas nunca li algum livro dela. Me deu curiosidade imensa e vai pra minha lista de desejos.

    Beijos e um bom final de semana,
    http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ebaa, depois me conta se você gostou, ok Sheyla?

      Beijo!

      Excluir
  7. Oi Gabriela,
    Que blog lindo e cheio de conteúdo bacana parabéns!
    Poxa, já ouvi falar bastante na Paula mas infelizmente nunca li nada dela. Mas agora me animei ainda mais.

    Bjs
    Priscilla

    http://www.styledchicas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Priscilla!
      Seja bem vinda ao blog, viu?

      Beijo!

      Excluir
  8. Oii!
    Li o livro em 2 horas haha é um amor e odio ao mesmo tempo, mais uma vez a Paula me surpreendeu!! Gostei da sua resenha *-*
    Flor, o blog Doce Literário mudou de layout e domínio novo, espero sua visita *---*
    http://www.doceliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uaal, 2 horas? Não dá vontade de largar, né? hahah

      Excluir
  9. Adoro a Paula Pimenta.
    Ainda não li este, mas com certeza está na minha lista.
    Li a série Fazendo o meu Filme e está no meu coração pra sempre. Sinto uma saudade só de pensar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh eu sempre quis ler a série Fazendo o meu filme! *-*

      Excluir
  10. Nunca li nada da Paula Pimenta, mas tenho certeza de que iria me divertir muito lendo! As resenhas, assim como a sua, transmitem a leveza e a beleza da escrita da autora!!

    Beijos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eu quero muito ler algo da Paula Pimenta, preciso conhecer a escrita dela, já que todo mundo (ou quase) a retrata positivamente. A série Fazendo Meu Filme está na minha lista faz tempo, mas ainda não consegui comprar.. Quase comprei Princesa Adormecida um dia desses, mas tinha visto uma resenha tão negativa sobre esse livro que acabei desistindo. Vai voltar para a minha lista de compras, com certeza. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você goste, Gabi! Também estou curiosa para ler a série Fazendo meu filme! :)

      Excluir
  12. Oi Gabi!
    Ainda não li nada da Paula Pimenta e tenho muita curiosidade sobre a escrita da autora. Vi diversas resenhas super positivas desse livro e a muito coloquei na minha lista de desejados. Vou aproveitar a feira do livro de Porto Alegre e compra-lo.

    Beijos!
    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh que legal, Jessica! Compra sim e depois me conta o que achou, tá?
      Beijo!!

      Excluir
  13. Que livro amor. Eu já sabia dele, mas ainda não tinha visto resenhas. Adorei e amo livros com essa pegada teen. Da Paula Pimenta, eu só li "Apaixonada por Palavras" e amei. Vale a pena também! :-)
    Parabéns pelo blog.
    Beijocas,
    Carol
    www.pequenajornalista.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Carol!
      Valeu pela dica, vou colocar "Apaixonada por Palavras" na minha listinha de desejados! :)

      Beijo!

      Excluir
  14. Simplesmente: Uow! Sempre me interessei muito por Fazendo meu filme da mesma autora, mas infelizmente acabei não apreciando a leitura, e desde então perdi interesse nos livros dela. Mas nossa, eu adorei a sua resenha, principalmente por ser puxada mais pra realidade. Ás vezes ficar apelando pra época onde o conto realmente acontece é que estraga tudo, e esse detalhe me deixou extremamente curiosa pra saber como a história da adormecida da vez se desenrola!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Vem conferir o Especial de Halloween que tá rolando no blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura Carol? Eu sempre quis ler. É uma pena que você não gostou.
      Quem sabe você gosta de Princesa Adormecida, né? Depois me conta! :D

      Beijo!

      Excluir