INÍCIO SOBRE PARCEIROS RESENHAS ENTREVISTAS CONTATO

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Dica da Semana: How do you know

Sinopse
Sábado à noite, namorado dormindo e o meu sono na lua. Resolvi procurar uma comédia romântica no netflix e acabei escolhendo How do you know (Como você sabe), porque gosto do trabalho dos atores. Terminei o filme com um sorriso no rosto, achei fofo, gostoso de assistir. Ainda não sabia se iria fazer resenha aqui no blog ou não. Eis que hoje fui marcar o filme no filmow e vi a média geral de avaliação: 2.6. Confesso que tomei um baita susto. Tudo bem o filme não valer um 5, mas 2.6? Não entendi. Curiosa, fui conferir os comentários. A maioria dizia que o filme tem um orçamento exagerado, é chato, longo e não acrescenta em nada. Outros reclamavam do filme por ele ser clichê.

Ok. Não acho que orçamento de filme é motivo para gostar ou desgostar da obra, mas, se você acha, tudo bem. Também não entendo qual o problema de um filme ser longo. É a mesma coisa de você vir reclamar que um livro tem muitas páginas. Concordo que a obra não pode ficar maçante, mas, nesse caso, eu sinceramente nem vi o tempo passar. O filme é reflexivo, mostra as escolhas e problemas que passamos diariamente. Mas também é divertido e conta com passagens encantadoras.

Outra coisa que não me engana mais é essa mania de falar que “ai, é ruim porque é clichê”. Já deu. O mundo é clichê, a sua vida é clichê, então não vem reclamar de um filme só por ele ser clichê. Não sabe do que reclamar, então bota a culpa no clichê. Mas antes, pensa um pouquinho. O clichê é bom? Foi bem explorado? Então ótimo, não tem motivo para não apreciar. E, só para esclarecer, nesse caso foi bem explorado sim. Você começa a assistir ao filme e sabe que a protagonista vai ter que escolher entre dois caras. O que você não sabe é que não existe um cara ruim e um cara bom. Os dois são bons, com defeitos insuportáveis e qualidades admiráveis, mas bons. Os dois são fofos. E os dois são apaixonados. Como faz para escolher nesse caso? Acompanha o filme. E é aí que acontecem idas e vindas e reviravoltas. Assim como na vida real. Tá ai o motivo de o filme ser comprido. Diferente do que vocês pensam, revoltados sem causa, a personagem não começa namorando o cara mal, conhece o cara bom, se apaixona e fim. Nem tudo acontece com essa rapidez que vocês estão acostumados a ver. A vida não é feita apenas de cenas engraçadas e bons momentos. As pessoas se decepcionam, ficam confusas, perdidas. E é isso que o filme mostra. Então, por favor, não me venha falar que How do you know é parado, clichê e não acrescenta em nada. Arrume argumentos.

A impressão que fiquei é que já que existiam várias críticas, outras pessoas resolveram criticar também, só para mostrar que estavam comentando, sabe? Dentre uma enxurrada de criticas, os argumentos pertinentes eram poucos. 

Não estou querendo mudar a opinião de ninguém, nem obrigar você a gostar do filme como eu gostei. Só vim fazer um desabafo. Dizer que tá tudo bem pensar diferente de todo mundo. Tô com preguiça desse povo que só critica por criticar, que só usa a internet para causar discórdia e espalhar mau humor. Desliga a internet e vai ser feliz.

P.S.: Essa é a MINHA opinião, ok? Não tem problema se a sua opinião for diferente.☺E, se você já assistiu ao filme, me conta nos comentários o que achou. Beijo!

19 comentários:

  1. Fiquei morrendo de vontade de assistir! Vou dar um jeito de assistir nesse fim de semana! Também acho super chato esse pessoal que vai na opinião dos outros e não para pra avaliar e formar uma opinião própria. Adoro esses filmes assim, com coisas reais, que a gente olha e consegue se ver ali. Vou assistir <3
    Beijão

    Cantinho de Ideias

    ResponderExcluir
  2. Gostei da sua resenha! Ainda não vi o filme, mas pareceu interessante.
    Também acho um saco quando as pessoas criticam uma obra sem nenhum fundamento plausível. Haters gonna hate!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Ainda não assisti a esse filme
    Mas já anotei o nome para assisti quando tiver tempo
    Acho que gosto de filme é algo muito pessoal mesmo

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gabi õ/
    Ainda não assisti ao filme, mas fiquei super curiosa. Também amo os atores - pelo menos os dois que apareceram na foto, hehe - e fiquei interessada pela premissa. Mas comento principalmente pelo comentário sobre os haters de plantão. Já deu, não? Não entendo de onde vem essa "filosofia" que você PRECISA criticar alguma coisa (ou tudo) na internet para afirmar que tem uma voz. E não criticar no bom sentido, usando argumentos e lógica, mas simplesmente lançar "é um lixo" e achar que isso é ter opinião. Não entendo qual a necessidade dessas pessoas de serem agressivas e desnecessárias em suas vidas virtuais, sinceramente já estou de saco cheio dos trolls da internet. Mas fazer o que, temos de conviver com eles.
    Voltando ao filme, vou tentar lembrar de assistir, isso se minha memória ajudar. É mais fácil quando se trata de livro, que aí eu só marco como "quero ler" no Skoob, e ele lembra por mim, HASUIDHASUIDHAUISDHUIASDHUIA.
    Beijos e ótima semana :3

    http://confissoesdeumleitor.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Liah!
      Também não entendo. É exatamente isso que você falou, as pessoas começaram a achar que para ter voz tem que criticar negativamente. E claro, a maioria acaba criticando sem argumentos e ainda se achando "o intelectual". :X
      Quanto ao filme, assiste sim! Anota em algum lugar, assim você não esquece! hahahah

      Beijo!

      Excluir
  5. Essa coisa de resenhar/criticar filmes ou livros é complicada mesmo. Tem vezes que eu amo um filme e a maioria das pessoas odiou. Ou o contrário. Acho que cada um tem as suas expectativas e preferências, não tem como dizer se um filme é bom para todo mundo. Ele pode ser bom ou ruim PRA VOCÊ, né?

    Eu não assisti esse filme ainda, mas me pareceu ser super simpático! Beeeijo. :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Camila. Acho que isso acontece com quase tudo, né? A pessoa leva em conta seu gosto pessoal, suas referências e claro, suas expectativas.
      Só não acho bacana sair por aí distribuindo críticas gratuitas. :/

      Beijo! :)

      Excluir
  6. Amo história clichê. É o que você disse, a nossa vida é clichê. E gostei muito dessa história de não ter um vilão e um mocinho, que já foge do clichê, mas eu não me importo com isso. Mas deu para entender hahaha! Enfim, tenho pensando muito nisso. Vai ter muito cara babaca na nossa vida, vai ter muito cara que não vai ser o "cara", mas isso não significa que ele seja o vilão da história. Por isso, fiquei com vontade de assistir ao filme.
    Adorei o post e seus argumentos. Viva o clichê!!! E, claro, cada um tem a sua opinião e tal. Mas tem gente que realmente só gosta de criticar por criticar mesmo. Fazer o quê, né?

    Beijos,
    Carol
    www.pequenajornalista.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Carol!
      A vida é assim, né? As pessoas entram e saem da nossa vida, mas não é porque elas não estão mais na nossa vida que elas, necessariamente, são ruim. As pessoas mudam, se desencontram e a vida continua. :)
      Que bom que você gostou do post, fico feliz!

      Beijo!!

      Excluir
  7. Oi Gabriela! Eu AMO clichês, eu quero clichês na minha vida <3 hahaha já tô procurando o trailer aqui, como não amar Paul Rudd, meu eterno Josh das Patricinhas de Beverly Hills *-* e infelizmente ler as críticas pode nos ajudar e nos atrapalhar. Felizmente a maioria vem pra nos ajudar né? beijos! http://www.trocandodisco.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Fer!
      hahahah adorei!
      Espero que você goste do filme! Depois me conta o que achou!

      Beijo!

      Excluir
  8. Aaah, só a imagem me deu curiosidade! Não conhecia ainda, vou tratar de baixar logo :p e meu, nem dou mais atenção pra nota de filmow, porque é tudo papagaiada. O povo não tem o que fazer da vida e vem reclamando de coisa aleatória só pra não dar braço a torcer. Na real não sei o que eles querem, um filme completamente inovador, ainda mais se tratando de romance? Sorry, isso nunca vai rolar. Então vou na sua opinião, tenho a impressão de que vou adorar o filme também!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Carol, difícil de entender, né?
      Baixa sim e depois vem me contar se gostou, tá? :D

      Beeijo!

      Excluir
  9. Eu nunca assisti, mas sério que tem tanta crítica assim? O filme parece bem legal, só o elenco já conta pontos positivos ao meu favor. E realmente, o mundo clichê. Aliás, tem muito clichê por aí que é melhor que o original. E tem muita gente que gosta de clichês pensando que são os originais.

    Autor de A Página Certa
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Laplace. Acho que já deu, reclamar de clichê não cola mais!

      Excluir
  10. Sou sempre a incompreendida no filmow: quando curto um filme, ele tá com a nota lá em baixo, quando não acho o filme lá grandes coisa, ele tá batendo na casa das 4 estrelas.É por isso que em relação à filmes, as notas da Forbes e do Imdb costumam ser minhas conselheiras hahaha Uso filmow só para não perder o que já assisti ou não.

    Não sou muito fã do gênero, mas vou guardar o nome e assistir How do You know quando eu ficar com vontade de assistir comédia romântica :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Stephanie!
      Geralmente não vejo muita nota também não, só quando vou marcar que já assisti. Se estou em dúvida de assistir algum filme, acabo lendo resenhas que são bem mais completas, né? :)

      Beijo!!

      Excluir
  11. Eu comecei a assistir, dormi na metade e não quis mais terminar, hehe.
    Não gostei muito, não, pelo menos até onde eu vi.
    Achei só meio chato e parado, mas nada a ver com orçamento (Oi?) ou ser clichê. Eu amo os clichês da vida e das histórias. Toda história de amor é clichê: ou fica ou não fica junto.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Teca! Sou dessas que dorme em filme também! hahah
      Realmente, né? hahah História de amor é clichê nível master! haha

      Beijooo!

      Excluir