INÍCIO SOBRE PARCEIROS RESENHAS ENTREVISTAS CONTATO

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Um passo em falso


Ainda jovem, Myron Bolitar contou com a ajuda do treinador Horace Slaughter para começar a jogar basquete. O relacionamento dos dois era como o de pai e filho, mas com o tempo eles perderam contato e Myron abandonou o esporte.
Dez anos depois de ver Horace pela última vez, Myron conhece Brenda, filha do antigo amigo e uma bela estrela do basquete. Trabalhando como agente de atletas, ele poderá fechar um contrato valioso com a jogadora se descobrir o paradeiro de Horace, que sumiu repentinamente após agredi-la. Desde então, Brenda começou a receber ameaças por telefone e a ser seguida. Myron não acredita na culpa do amigo e resiste a ser guarda-costas da moça, mas acaba cedendo.
Determinada a não fazer papel de donzela indefesa, Brenda provoca uma atração irresistível em Myron, que vive um relacionamento amoroso debilitado. Porém, existe entre eles um abismo de corrupção e mentiras, além de segredos pelos quais muitos arriscariam a vida.
Mesmo contra o bom senso, Myron segue investigando o caso. Disposto a conquistar o coração de Brenda, ele está ciente de que um passo em falso pode acabar matando os dois. 
Fazia tempo que um livro do Coben não me pegava assim de jeito. Haha Fui pegando o ritmo do livro aos pouquinhos e, quando percebi, estava doida, devorando cada página para descobrir o que iria acontecer. Muita emoção, gente!

Em Um Passo em Falso, nosso querido Myron Bolitar é instigado a se tornar agente da (incrível e linda) jogadora de basquete Brenda Slaughter. O problema é que Brenda é filha do seu ex-treinador e, aparentemente, está correndo perigo. E Myron, com seu senso protetor apurado, assume, além do papel de agente, o papel de guarda costas&detetive, mesmo contra a vontade de Brenda.

Os acontecimentos estranhos têm início com o desaparecimento de Horace, pai de Brenda. Ele agrediu a filha e sumiu do mapa. Mas, antes de desaparecer, fez inúmeras ligações suspeitas e pegou todo o dinheiro que possuía. Alguns dias depois, Brenda começou a receber ameaças por telefone e um pedido: Que ligasse para sua mãe. Para a mãe? Sim, a mãe, que tinha fugido quando Brenda ainda era uma criança e nunca se importou em dar um telefonema para a filha. O que a sua mãe teria a ver com a história?

Myron começa a desenterrar fatos do passado para tentar descobrir o autor das ameaças. E, em sua caçada, ele esbarra em pessoas extremamente perigosas. Ao invés de tirar o alvo de cima de Brenda, Myron conseguiu ampliá-lo e torna-se um alvo também. Agora, ele precisa de toda sua perspicácia para conseguir sair com vida dessa situação. 
“– É tão parecido com o que minha mãe fez... Primeiro, desapareceram as roupas. Depois, o dinheiro.
– Sua mãe levou dinheiro?
– Cada centavo.” Página 48
Não dá para falar muito da história sem soltar spoilers e sem os spoilers não dá para mostrar o quanto a trama incrível #comofaz?. O Coben tem esse talento de pegar uma premissa comum e conseguir transformar em uma história eletrizante, só acrescentando detalhes. A partir do momento em que o Myron começa a investigar o pai de Brenda, as teorias começam a surgir na sua cabeça, mas por um ou outro detalhe, as teorias vão por água abaixo e você percebe que deixou passar alguma coisinha lá no começo. É enervante e, ao mesmo tempo, delicioso. 

E por falar em Myron, ele e o Win estão terríveis nesse livro. Myron e seu sarcasmo me fizeram rir alto, enquanto o Win terrorista, com armas escondidas em todo lugar e uma lealdade gigante me conquistou ainda mais. 

Outro detalhe importante é que esse foi o primeiro livro do Coben que conseguiu me deixar triste. Sabe quando uma coisa muito boa poderia acontecer e ai ela toma um rumo totalmente inesperado e você fica triste pelo personagem? Pois é. 

Enfim, Um passo em falso me pegou de surpresa mesmo. Coben me fez de tonta durante o livro inteiro, criou um clímax eletrizante e ainda deixou gostinho de quero mais. Não sei se é porque eu fiquei empolgada demais durante a leitura, mas eu adorei esse livro. Alguém ai já leu? Me conta o que achou! E, para quem não leu, eu super recomendo!
“Win refletiu por um instante.
 – Eu nunca machuco gente inocente de propósito. Mas tampouco faço ameaças ociosas.” Página 224
* Este livro foi uma cortesia da Editora Arqueiro.

P.S.: Já está participando da promoção de aniversário do blog? Você pode ganhar esse livro! Participe aqui

P.S.2: Postei uma foto desse livro no instagram e o Coben CURTIU! Muita felicidade, né? haha


10 comentários:

  1. Adorei a resenha. Nunca li nada desse autor, mas ganhei de aniversário um livro dele, o nome é "Seis Anos Depois", já leu?
    E esse parece ótimo. Já me inscrevi na promoção.
    beijos.
    http://lugaaraosol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Amanda,
      que bom que você gostou da resenha!
      Já li sim. O livro é bom, mistura suspense com romance. Depois me conta se gostou da escrita do Coben!

      Beijo!

      Excluir
  2. Que saudade de ler algo do Coben, com Myron e Winn :'))) Fiquei MUITO curiosa com esse livro, meu Deus, que história instigante essa! Coben sabe nos deixar assim, tontas com sua narrativa <3
    Achei LINDO ele curtindo sua foto *O* hahaha'

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que foi no seu blog a primeira resenha que li falando sobre o Myron!! haha
      Eu ameeeei o livro, Jen! Espero que você goste também!! o/
      Fofo, né? *-* Fiquei tipo "Aimeudeusaimeudeus!" quando vi! hahah

      Beijo!!

      Excluir
  3. Oi Gabi!
    Acredita que não li nada do Coben? Vou procurar alguma promoção no sub ou saraiva e ver se encontro os livros dessa série em um preço camarada.
    Adorei a tua resenha!

    Beijos!
    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Jéssica!
      Procura sim, eu gosto muito dos livros dele e sempre indico para todo mundo. Espero que você ache alguma promoção e goste da leitura!
      Depois me conta, tá?

      Beijo!!

      Excluir
  4. Oi, Gabriela
    Gostei demais de sua resenha e fiquei com vontade de lê-lo. Vou fazer como a amiga ai de cima e procurar alguma promo nos sites hahaha.
    Bjos, Sheyla
    http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Sheyla, isso, procura sim! hahah

      Depois me conta se gostou! :D

      Beijo!

      Excluir
  5. Oi Gabi! Amei a resenha! Já anotei aqui! Eu só li dois livro dele até hoje e o que eu mais gostei foi Não Conte a Ninguém, o Harlan é maravilhoso mesmo! E eu concordo com você, a gente quer passar toda a nossa empolgação, mas não pode dar spoilers, e aí a gente fica no maior dilema e quebra-cabeça pra passar o melhor do livro pro leitor ^^
    beijos!
    http://www.trocandodisco.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Nanda!!
      Não conte a ninguém é muito bom mesmo!!
      Aii que bom que não sou a única! haha Tem resenha que é difícil de fazer, né?

      Beijão!

      Excluir