INÍCIO SOBRE PARCEIROS RESENHAS ENTREVISTAS CONTATO

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Perdendo-me


VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual.
Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?

Perdendo-me conseguiu me surpreender de forma bastante positiva. É uma leitura rápida, daquelas que você não consegue parar de ler. Nem de rir. 

Bliss está no último ano da faculdade e ainda é virgem. Isso nunca foi problema, mas, como ela está prestes a entrar no mundo real, começar a trabalhar e viver como adulta, ela acha que já está na hora de resolver esse problema. Afinal, não pode ser tão difícil assim, pode?

Ao pedir ajuda para Kelsey (a melhor amiga), Bliss é arrastada para um bar. Kels jura que esse é o jeito mais fácil de resolver o problema e, como ela tem bastante experiência no assunto, Bliss confia no plano da amiga. A busca pelo pretendente perfeito não vai muito bem e, quando já está desistindo, Bliss esbarra no Garrick

O que mais chamou a atenção dela é que ele está lendo Shakespeare dentro de um bar lotado. E claro, o fato de ele ser incrivelmente lindo ajudou bastante. Quando ele começa a falar, Bliss percebe que ele tem sotaque britânico. Perfeito. 

E esse é justamente o problema. Quando Bliss percebe que está prestes a ir pra cama com um cara incrível, um cara que ela realmente poderia gostar e ter algo sério, ela decide não apressar as coisas. E então ela toma a atitude mais óbvia: fugir. Seminua. Do seu próprio apartamento. 

Como se não bastasse a péssima primeira impressão que causou, Bliss dá de cara com Garrick na primeira aula do ano e descobre que ele é um de seus novos professores. Alguma dúvida de que esse vai ser um longo semestre?
“O meu cérebro analítico não deixou passar o fato de que ele usou o verbo no passado. Como em... ele não estava tentando seduzir ninguém antes, mas talvez estivesse agora.” Página 14
Bliss é muito inteligente e sempre teve tudo sobre controle, usando a razão como melhor saída. Mas, apesar de toda essa razão, ela é estabanada e sempre entra em situações constrangedoras, rendendo muitas gargalhadas para nós, leitores.  

O livro é narrado pela Bliss, então podemos acompanhar todos os pensamentos malucos dela. E gente, como ela pensa! Rolou uma empatia com isso, porque eu também sou super dramática e penso em absolutamente todos os aspectos de todas as situações e ver isso retratado em uma personagem, que é exageradamente racional, me fez perceber que de vez em quando é bom relaxar um pouco. 

Apesar do que pode parecer, a leitura não é super hot. É claro que o sexo está presente, afinal é uma das coisas que mais preocupa Bliss. Mas, existem outras coisas em jogo. O livro também mostra as indecisões de quem está saindo da faculdade, o medo de encarar o mercado de trabalho e um pouquinho do universo do teatro. 

Agora um pequeno spoiler do próximo livro: Cade. Ele é o melhor amigo da Bliss e é um fofo. Apesar de a Bliss não enxergar todas as qualidades dele, elas estão lá. E Fingindo, o segundo livro da trilogia, é sobre ele.♥

Esse foi meu primeiro contato com a Cora Carmack e eu gostei bastante da escrita dela. É leve e divertida, mas não deixa de ser interessante e de explorar algumas questões. Recomendo! 
  “Não importava o que eu estivesse sentindo... não poderia haver nada entre nós dois.” Página 89
*Este livro foi cedido para resenha pela editora Novo Conceito. 

7 comentários:

  1. nosssa vou comprar, gostei colega.
    Vou procurar e ver se encontro
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Gaby!! Sotaque britânico é vida né ♥ Ai ai...eu adorei esse livro! Foi o primeiro New Adult que eu li dessa onda que começou e eu tbm me surpreendi positivamente, eu não tava esperando gostar tanto dele! Mas amei! Morri de rir em vários momentos e adorei todas as discussões que ela tinha com ela mesma antes de pensar em fazer qualquer coisa :p Isso contribuiu bastante pra que eu me identificasse com ela e torcesse pelo casal, mais do que eu torço normalmente haha amei a resenha como sempre!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, melhor qualidade! haha
      Pela capa/sinopse não parece ser tão bom, né? Também ri muuuuito! :D
      Que bom que vc gostou *--*

      Beeijo!

      Excluir
  3. Oi linda!
    Adorei a dica, vou por ele na minha lista com toda a certeza.
    Parabéns pelo se blog ele é estiloso, tem uma apresentação linda e é cheio de informação útil.
    Que a sua semana seja ótima!!
    Beijokas!

    Dé uma passadinha no meu blog, você vai adora ele tanto quanto eu adorei o seu.
    Se gostar, me siga. Mas se você não gosta.......
    ME SIGA mesmo assim!!! rsrsrs

    http://viciadasemlivros911.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Adoreiii flor!
    Vou procurar ele rs!
    beijos
    Taty
    Blog: www.tatycamposblog.com
    Face: https://www.facebook.com/pages/Taty-Campos-Blog/816215075120853?ref=bookmarks
    Insta: @tatycamposblog

    ResponderExcluir
  5. hm interessante a indicação! vou dar uma procurada na livraria!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Gente, era o professor dela? Que situação!!! Parece ser bem interessante a história!

    ResponderExcluir